Com foco no novo código, CBG organiza Curso Nacional de Arbitragem de Ginástica Artística

Profissionais de diversas partes do Brasil estão reunidos em Aracaju (SE) até domingo (23)..

Da redação, Santo André (SP) - A Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) está atualizando a arbitragem do País com as novas diretrizes do ciclo olímpico. No início de abril, a entidade realizou um curso para árbitros nacionais da ginástica rítmica. Agora, é a vez da atualização dos profissionais da artística masculina e feminina, reunidos no Hotel Real Classic, em Aracaju (SE), de quarta-feira (19) até domingo (23). 

Essa é uma ação de extrema importância, tendo em vista que, a cada quatro anos na ginástica, um novo código entra em vigência, com todas as diretrizes das séries que serão apresentadas durante o ciclo olímpico. Por isso, todos os envolvidos devem estar totalmente atualizados. O curso está sendo ministrado pelos coordenadores dos comitês técnicos de ginástica artística masculina, Robson Caballero, e feminina, Yumi Sawasato, além de Ricardo Yokoyama e Jaqueline Pires. 

Durante os três primeiros dias, os árbitros estudam as generalidades e elementos específicos de todos os aparelhos da modalidade - são seis no masculino e quatro no feminino. No fim de semana, terão provas práticas e teóricas. Os aprovados farão parte do quadro de árbitros nacionais para este ciclo olímpico, que compreende os anos de 2017 a 2020.



Comentários

Patrocinador oficial

COMITÊ filiado

Ministério do Esporte

Centro de Excelência